Apesar de ser um problema extremamente limitante, que impede a realização de tarefas simples do dia a dia, maioria dos casos de Hérnia de Disco podem ser tratados sem cirurgia, ou seja, os pacientes têm bons resultados com uso de medicamentos, fisioterapia, técnicas complementares e mudança de hábitos.

Mesmo aqueles casos que não respondem bem a esses tratamentos convencionais, podem ser beneficiados com procedimentos minimamente invasivos. Técnicas como, as Infiltrações e a Radiofrequência, podem ser realizadas sem a necessidade de internação, promovem uma recuperação mais rápida e têm efeitos a longo prazo.

Os pacientes com indicação de cirurgia são aqueles com dores de forte intensidade, perda neurológica (formigamento, perda de força e sensibilidade dos membros), que não tiveram alívio dos sintomas com outras opções de tratamento.

CIRURGIA ENDOSCÓPICA DA COLUNA - A técnica minimamente invasiva tem o objetivo de promover a descompressão de nervos ou da medula espinhal pressionada por um disco herniado e é realizada com pequenas incisões, sem a necessidade de internação. Dentre as suas vantagens além da melhora da dor, estão os menores riscos de complicações e melhor recuperação pós-operatória.

O mais importante é buscar tratamento especializado para avaliar o tratamento adequado para o seu caso.